quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Tributo aos frascos de purpurina abrilhantam a vida de Maria

Hoje venho falar de pessoas que eu considero que são genuinamente boas. Decerto que vcs também conhecem algumas.

Pessoas normais como tu e eu, com defeitos como tu e eu, com problemas quiçá maiores que os nossos, mas que têm um "Q" de especial. 

Normalmente low profile, não usam capa vermelha nem cueca dourada, mas são portadores de um super coração e de uma mão sempre estendida para ajudar ou apoiar. 

Possuidores de um altruísmo fora de série, coisa rara nos tempos que correm... em que só se dá quando se espera algo em troca. 

Ontem fui alvo da generosidade, bondade e do carinho gratuito de duas amigas assim. Tão similares e tão diferentes no seu brilho.
Gosto de pensar que cada uma é um frasco de purpurinas mal vedado... que por onde passam espalham subtilmente brilhantes e tornam a vida dos outros um pouquinho melhor.


Cheguei nervosa, depois chorei, ri, tremi, chorei, gargalhei, aceitei-me, rendi-me, relaxei, adormeci, acordei, sorri... agradeci e respirei fundo.

Obrigada às F's!
(à minha amiga/irmã Miss F e à Faty, amiga  acabadinha de chegar)
Hoje sinto-me grata.

5 comentários:

  1. Oh...tenho aqui a lagrimita...hehehe ...Obrigada amori, :) e eu sinto-me imensamente grata por te teres "confiado" a mim/nós. Emocionei...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço... e não me fales em lagrimitas, eu sou a rainha do olho molhado! ; )

      Eliminar
  2. Ter amigas assim encantadoras é precioso.

    ResponderEliminar

Quem quiser pode ajudar a varrer... faça favor! : )